domingo, julho 14, 2024
Planejamento Financeiro

Qual o melhor investimento para quem tem pouco dinheiro?

Se você é uma daquelas pessoas que acha que investir é para quem tem muito dinheiro, eu preciso te contar que você está errado.
E se você acha que você vai fazer milhões investindo pouco dinheiro, você tá errado de novo.
Eu sei que pode ser uma verdade muito difícil de aceitar, mas isso não quer dizer que você não possa melhorar a sua vida financeira só porque não tem muito para investir e eu vou te contar qual é o melhor investimento pra você que tem pouco dinheiro.

Eu sei que no começo desse post eu já te trouxe uma má notícia: que você não vai ficar milionário investindo pouco.

Mas eu te peço um pouco de paciência para que eu possa te explicar direito essa história e te mostrar que mesmo assim há um caminho a ser percorrido nos investimentos e que vale a pena começar agora mesmo.

Investimento com pouco dinheiro: uma realidade viável

Existe um sentimento que paira sobre as nossas cabeças que é o sentimento de ganho fácil! Isso é muito repetido no ambiente que nós estamos agora, a INTERNET. São as apostas, a criptomoeda da moda, o daytrade, o marketing digital… Parece que todo mundo está ganhando dinheiro de um dia para o outro menos você, né? Eu já tive essa sensação também, mas a verdade é que não é fácil assim. Pelo menos em 99,9% dos casos!

Alguém já ganhou dinheiro rápido com essas coisas? Provavelmente.
É algo replicável e que vai servir pra todo mundo? Certamente não.

Investir pode parecer um desafio enorme para muitos, especialmente para aqueles que acreditam que é necessário um grande capital inicial para começar.

No entanto, a realidade é que o investimento com pouco dinheiro é não apenas possível, mas também uma etapa fundamental para a construção de futuro financeiro mais tranquilo. Aqui eu vou explorar estratégias inteligentes para investir com recursos limitados.

1º melhor investimento para quem tem pouco dinheiro – Renda Fixa Pós Fixada

Se você não sabe que raios é isso, vamos lá! Os investimentos de Renda Fixa são aqueles em que você sabe antecipadamente como o seu dinheiro vai render. Esse rendimento pode ser de 3 tipos:  Prefixado, Híbrido e Pós fixado.

O prefixado tem uma taxa expressa em números, ou seja, você sabe exatamente quanto vai receber quando o prazo do seu investimento terminar. Se a taxa de juros é de 10% a.a. o seu investimento vai aumentar em 10% todos os anos. 

O investimento de renda fixa híbrido é uma mistura do prefixado com o pós fixado. Ele vai te pagar uma taxa fixa, ou seja uma taxa expressa em números como o prefixado, mas também vai ter uma parte vinculada a um índice, que geralmente é o IPCA. O IPCA é a nossa medida de inflação, então você vai ganhar a inflação e mais alguma coisa. 

O maior problema do prefixado e do híbrido é que eles podem sofrer variações ao longo do período do seu investimento e caso você precise resgatar o seu dinheiro antes do prazo acordado de vencimento talvez o momento não seja o mais propício e existe a possibilidade de perder dinheiro.

A renda fixa pós fixada, que na minha opinião é o melhor  investimento para você que tem pouco dinheiro e está ainda aprendendo a investir, é aquela que segue um índice. Já ouviu falar da Selic e do CDI? São esses dois índices que a grande maioria dos investimentos de renda fixa vão seguir. Se a Selic ou o CDI subirem, seu rendimento sobe. Se a Selic ou o CDI caírem o rendimento do investimento vai diminuir, mas ele ainda continuará positivo. Os investimentos de renda fixa pós fixados não vão te deixar na mão quando você precisar do seu dinheiro, porque eles não ficam negativos (salvo em raríssimas exceções, mas não se preocupe com isso).

Então para começar a investir o seu suado dinheirinho procure um CDB vinculado ao CDI com liquidez diária que te pague 100% do CDI ou Tesouro Selic, que eu já falei nesse vídeo aqui: Tesouro SELIC na prática

Organização Financeira: O Segredo do Sucesso

O segundo melhor investimento para quem tem pouco dinheiro é investir tempo na sua organização, tanto financeira quanto pessoal. Na verdade eu acho que esse ponto e o terceiro são os mais importantes, mas se eu colocasse eles por primeiro talvez teria perdido a sua atenção. 

Pessoas organizadas geralmente conseguem ser mais produtivas e também não perdem dinheiro por descuido. Um exemplo muito comum é pagar uma conta em atraso porque você esqueceu dela e não porque não tinha o dinheiro disponível naquele momento.
Contas em atraso geram multas e juros que são muito maiores que o rendimento que os investimentos podem te proporcionar. Portanto se você investe R$ 200 mas paga em atraso uma conta de R$ 150, provavelmente o rendimento que você vai receber com o seu investimento vai por água abaixo pagando as despesas do seu atraso.

Dedique um tempo semanal, pelo menos, para entender e estudar as suas finanças. Conheça os seus números, saiba as datas em que as suas contas vencem e também aproveite para fazer um rastreamento dos seus gastos. Você pode achar itens que podem ser cortados do seu orçamento ou reduzidos e assim vai sobrar mais dinheiro para os investimentos.  

Desenvolvimento Pessoal: Investindo em Si Mesmo

Por fim, mas não menos importante, temos o investimento para quem tem pouco dinheiro que tem o potencial de te dar os maiores retornos. Esse é um investimento de dinheiro e também de tempo, mas que pode ser a chave para você conseguir, ou não, uma vida melhor no futuro. Esse é o investimento em educação e desenvolvimento pessoal.

Fazer um curso técnico, faculdade, pós ou buscar aprender de qualquer outra forma pode levar você a se desenvolver na sua carreira, conseguir empregos melhores ou até empreender. E se você aliar a isso o desenvolvimento de competências que são chamadas de Soft Skills, como comunicação, capacidade de lidar com imprevistos, resiliência e muitas outras, você pode duplicar ou até multiplicar por muitas vezes o seu salários atual, coisa que o investimento até pode fazer por você, mas num ritmo infinitamente mais lento.

Para ganhar mais com investimentos você precisa fazer aportes maiores e isso é um resultado direto do seu trabalho. 

Então se você precisar escolher entre estudar mais sobre investimentos e estudar sobre algo relacionado a sua carreira para que você cresça, sem sombra de dúvidas escolha a sua carreira. E digo isso mesmo que essa sugestão vá contra o meu negócio. Quem consegue aportar R$ 2 mil na poupança provavelmente  terá mais dinheiro do que quem só consegue aportar R$ 500 no investimento mais lucrativo.

Acha que eu esqueci de algo? Me conta aqui qual você acha que é o melhor investimento para quem tem pouco dinheiro.

Um abraço e até logo!

Bruna Odppes 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *